Automotivação: caminho para o sucesso

  1. quinta-feira, 25 de julho de 2013

 

Independente da área em que atua, um profissional bem sucedido é aquele capaz de realizar de forma satisfatória as tarefas que lhe são atribuídas. Para que isso aconteça é fundamental que ele esteja motivado. Para o professor, consultor e palestrante, Júlio Cesar Santos, “a motivação é o desejo interno que nos faz prosseguir, apesar de eventuais contratempos, desânimos e erros.“

E como nem sempre a motivação vem de fatores externos, em seu artigo ‘Como manter-se motivado apesar do nosso dia-a-dia?’, Santos elaborou algumas dicas para a automotivação. Confira:

- Acredite em si mesmo: tente cultivar os pensamentos positivos tais como “tenho valor”, “posso lidar com os contratempos”, “sei que o futuro reserva boas oportunidades para mim”. Forçar-se a pensar assim pode ser difícil no início, mas somente quando você acreditar que merece o sucesso, ele virá até você.

- Supere o medo: o medo gera estresse, pânico e ansiedade. Ele acaba com seus planos e objetivos. Veja algumas maneiras de superá-lo:

- identifique e entenda seus medos

- desenvolva sua autoconfiança

- tome uma atitude, pois quando você começa a fazer algo seus medos tendem a desaparecer.

- Cresça com os seus erros e fracassos: Sócrates observou que é mais perigoso adquirir conhecimento do que comida, pois se você comprar carne estragada irá jogá-la fora, não permitindo que prejudique seu organismo. Mas, ideias absorvidas pela mente não são tão fáceis de sair. Portanto, quando você aprende com seus erros e fracassos eles deverão ser jogados fora como comida estragada. Julgar-se apenas considerando os erros e fracassos, é garantir para si mais erros e mais fracassos.



- Comece agora: os desafios são oportunidades para sair da rotina de seu trabalho e aumentar seus conhecimentos. Desafios devem ser encarados como oportunidades e você ficará muito mais motivado se encarar positivamente os desafios que cruzam seu caminho. Além disso, é importante ter orgulho de suas realizações. Embora você não possa ignorar problemas futuros, não deve se esquecer de comemorar o sucesso de hoje. Mesmo pequenas conquistas podem ser motivo de muito orgulho. Também é importante ser flexível. A dificuldade de se adaptar ou mudar pode acabar com a automotivação de um profissional. A solução pode ser a flexibilidade – uma disposição para adaptar os objetivos para que eles se ajustem melhor a seus valores e conhecimentos. Por fim, visualize o sucesso, da forma mais clara possível. A imagem deve ser tão boa que você faria tudo para participar dela.

Fonte: Salário BR